' Camila, por Camila.

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Citando Clarice já de início, diria que 'minha alma tem o peso da palavra nunca dita.' Com um pouco de ousadia diria ainda que 'a palavra é meu domínio sobre o mundo!' Mais! Diria que sou compulsiva com coisas que gosto, como livros, filmes, séries, fotos, entre tantas outras. Gosto de muito mais coisas do que não gosto. Sou facilmente conquistada, e não sou tão fácil de desconquistar. Para escrever, me considero muito mais subjetiva, na vida muito mais objetiva. Posso dizer que amo, amo os amigos, os que me amam, e mesmo os que não amam. Mas, me assusto com o amor, acho o amor forte demais, grande. E não sei lidar muito bem com ele. Tenho medo de amar e magoar, de ser amada e magoada. Tenho medo de tanta coisa... Sou aquela que quer decidir o que fazer da vida e quer fazer isso direito. Aquela aspirante a Historiadora e que gosta muito, mas sempre tem um pouco de dúvida. Mas, falar de si mesmo é parcial demais, deixo para os que me conhecem e ainda assim me compram! Por Camila.

domingo, 20 de março de 2011

Distrações...

Aqui estou, escrevendo para quem me lê.
Falando um pouco sobre mim, digo que me apaixonei pelas aulas de literatura do meu cursinho, e aguardo-as ansiosamente. Assim como as de Goegrafia, e de Biologia.
Bom é só isso o que eu tenho feito até o momento, nesse ano.
Estudando, e dessa vez é estudando mesmo.
Tipo sem vida social mesmo, mas, tudo bem, tudo pra passar no vestibular.
Lí um dos livros do vesibular de Uberlândia, MUITO BOM! Chama Anjo Negro, e conta a história de um negro que não aceitava a sua cor, e que era casado com uma branca, a quem ele estuprava todas as noites. Pra saber mais, leia, vale a pena, é um livro pequeno e dá pra ler rapidinho!
Agora quero ler o Ensaio Sobre a Cegueira, também do vestibular e que também parece muito bom! Estou terminando de ler "Memórias Póstumas de Brás Cubas".
Comecei a assistir o anime de "NANA", mas prefiro o mangá... Assistindo também Dr. House, que continua me encantando, e a cada dia que passa gostando mais e mais dos clássicos da Literatura, Machado e Drummond, principalmente.
Mas, voltando ao Dr. House, fico cada vez mais viciada nele, e na série, rere.
Falando de música, tenho escutado muito Cazuza, Lobão, Cássia Eller, Chico Buarque, Caetano, e muito Ana Carolina e Maria Gadú. Escutá-los faz muito bem pra mim, mesmo! Mas, eu acredito que isso é meio psicológico. Enfim.. façam o teste. Recomendo principalmente, Codinome Beija-Flor do Cazuza, Tudo diferente c/ a Maria Gadú, Robô, Roboa do Lobão, Relícário c/ a Cássia Eller, Partido Alto com Chico e Caetano!
Então, sobre os filmes, baixei vários, mas não tive tempo de assistí-los. Assisti A Morte e Vida de Charlie, e adorei! Chorei como uma louca, mas isso é normal. Juntos pelo Acaso e Caçador de Recompensas, também recomendo muito! Vale a pena assistir.
No mais, peço que torçam por mim no vestibular, mesmo que ainda esteja longe. E que mandem alguma positividade daí pra cá, por que é o que eu tento fazer a quem lê, quando posto aqui.
De qualquer maneira, aqui está um pouco do que tenho sido e vivido esse ano. Em breve observações sobre algumas pessoas. Sabem que eu gosto de analisar as pessoas.

"Não durma antes de sonhar..."

domingo, 6 de março de 2011

Ih... O Carnaval...

Então... Vamos falar de Carnaval?
O Carnaval, não é nem de longe meu feriado preferido.
Não que eu não goste, apenas não tive ainda oportunidade de aproveitar nenhum dos meus. E também devo isso ao fato de que os meus carnavais são marcados por datas e acontecimentos não muito agradáveis quase sempre.
Espero que isso mude no ano que vem, por que já estou um pouco cansada de assistir à seriados, rs.
Ano passado, passei uma semana assistindo os Seriados Coreanos da Máh (inclusive, recomendo o Tayou no Uta, é bem legal), mas, esse ano, por exemplo, acho que minha falta de planos (lê-se dinheiro) nesse Carnaval veio a calhar. Estou um pouco atrasada com meus estudos e o feriado me está sendo muito útil até o momento. Já consegui estudar muito do que precisava, mas ainda falta muito! O seriado da vez é Dr. House, o que não ajuda muito nos estudos, fico focada naquela delícia do House. Mas, até o momento estou conseguindo conciliar as coisas. Que bom!
Nesse momento, por exemplo, eu poderia estar em Ouro Preto, Pompéu ou Diamantina, se tivesse dinheiro. Poderia estar em Itabira se tivesse ânimo. Em Itabirito, Nova Lima, se não tivesse preguiça. No sítio, se tivesse dinheiro, de novo. Acho que no momento é o que me conforta, pelo menos eu tive muitos convites esse ano. Geralmente sou esquecida durante o Carnaval.
Mas, me conformo em assistir o carnaval na televisão por agora, espero que não por muito tempo mais, e se tudo der certo, no ano que vem melhora, e melhora horrores.
Fiquei muito triste por não conseguir assistir o desfile da Mancha e nem o da Gaviões.Espero conseguir ficar acordada pra ver o desfile da Unidos da Tijuca, e o da Grande Rio. Nem espero ver o da Mangueira e da Beija-Flor, porque serão muito tarde, ou cedo não sei.
Espero também ter um dia a oportunidade de passar um Carnaval em Olinda, e também o de Porto Seguro e Salvador.
Mas, por hoje, fico por aqui, e para os que como eu, estão sem folia no Carnaval, Engenheiros do Hawaí diz tudo:

"Mas nós, dançamos no silêncio.
Choramos no Carnaval...
Não vemos graça nas graçinhas da tevê,
morremos de rir no horário eleitoral..."

Um beijo pra quem me lê, e para os que não leêm também. :)

quarta-feira, 2 de março de 2011

De mim, pra mim!

-

Olá! :)
Vai parecer estranho pra quem ler, mas, quase ninguém lê isso mesmo..
Então, hoje está tudo bem, ou não muito mal, ou melhor que muita gente, e pior também.
Estar bem ou não depende do referencial, depende do que eu considero bom. Eu acredito que poderia estar muito melhor, acredito que poderia me esforçar mais, acredito que posso evoluir o quanto eu quiser, então não julgaria ótimo o meu estado de espírito, mas, também não diria que está ruim, apenas pode melhorar.

Às vezes eu me sinto meio estranha, com várias coisas que acontecem, mas, não como se esse não fosse o meu lugar, e sim como se eu não o estivesse respeitando.
Acho que ando pensando demais na literatura, na filosofia, nas coisas da vida, espero ter alcançado algum dos meus objetivos quando chegar o dia de ler esta carta. Todos os pensamentos, subjetivos, objetivos, diretos ou não, conotativos ou denotativos, tudo isso se passa com frequência em minha cabeça. E eu me confundo com atitudes que tomo todos os dias.
Posso dizer que queria ser uma pessoa melhor, sem manias, sem vícios... Eu poderia ser mais virtuosa, mas, fico feliz com minhas virtudes. Elas me fazem diferente, de qualquer outra pessoa que eu conheça.
Diariamente, me impressiono com as coisas que eu posso sentir. Posso sentir falta de um amigo que me traiu, ou de alguém que me chateou, posso chorar por alguém que já me fez mal, posso desejar tudo de melhor, a quem eu sei que me deseja o pior. Posso gostar de quem não gosta de mim, posso me interessar por pessoas que me olham com desprezo. Prefiro enxergar qualidades nas pessoas, não me acho digna de apontar defeitos! Não sou ninguém para qualificar alguém como bom ou ruim, nem sei classificar a mim mesma.
Sei que confio muito em pessoas, e à mais de um ano digo isso aqui no blog. Sinceramente, acredito que nunca vou conseguir mudar isso. Apesar de esperar, que sim.
Tenho estudado um bocado, e dormido um bocado, poderia estar estudando mais, e espero melhorar isso, o mais rápido possível. Quem sabe amanhã, não é?!
Por hoje, só quero dormir, minhas próximas seis horas de sono, e tentar não sentir pena de mim mesma, afinal, eu não sou digna de pena, não ainda pelo menos.
Isso foi mais depressivo do que eu queria, mas, quem se importa, é carta é pra mim mesma, e eu não ligo.



Instante

(Carlos Drummond de Andrade)



Uma semente engravidava a tarde.
Era o dia nascendo, em vez da noite.

Perdia amor seu hálito covarde,
e a vida, cocel rubro, dava coice,
mas tão delicioso, que a ferida no peito transtornado, aceso em festa, acordava,
gravura enlouquecida, sobre o tempo sem caule, uma promessa.
A manhã sempre-sempre, e dociastutos eus caçadores a correr, e as presas num
feliz entregar-se, entre soluços.
E o que mais, vida eterna me planejas? O que se desatou num só momento não
cabe no infinito, e é fuga e vento.

Top 10 da Semana.

  • 1º Músicas - Marcelo D2, Los Hermanos, Chico Buarque
  • 2º Livros - Leite Derramado
  • 3º Pessoas - Eduardo, Pedro, Jessyca, Leka
  • 4º Filmes - Sociedade dos Poetas Mortos
  • 5º Séries - Star Trek, One Tree Hill
  • 6º Comidas - Pizza
  • 7º Poema - Poema de Sete Faces
  • 8º Bebidas - Fanta Uva
  • 9º Lugar - Casa do Eduardo, Pizzaria
  • 10º Pensamento - "Iaiá, se eu peco é na vontade de ter um amor de verdade, pois é."
Ocorreu um erro neste gadget

Leitores *