' Camila, por Camila.

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Citando Clarice já de início, diria que 'minha alma tem o peso da palavra nunca dita.' Com um pouco de ousadia diria ainda que 'a palavra é meu domínio sobre o mundo!' Mais! Diria que sou compulsiva com coisas que gosto, como livros, filmes, séries, fotos, entre tantas outras. Gosto de muito mais coisas do que não gosto. Sou facilmente conquistada, e não sou tão fácil de desconquistar. Para escrever, me considero muito mais subjetiva, na vida muito mais objetiva. Posso dizer que amo, amo os amigos, os que me amam, e mesmo os que não amam. Mas, me assusto com o amor, acho o amor forte demais, grande. E não sei lidar muito bem com ele. Tenho medo de amar e magoar, de ser amada e magoada. Tenho medo de tanta coisa... Sou aquela que quer decidir o que fazer da vida e quer fazer isso direito. Aquela aspirante a Historiadora e que gosta muito, mas sempre tem um pouco de dúvida. Mas, falar de si mesmo é parcial demais, deixo para os que me conhecem e ainda assim me compram! Por Camila.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Pizza de Ontem.

A pizza de ontem, nunca terá o mesmo sabor da pizza feita hoje.
Ela sempre será melhor, diferente, mais desejada, e mais saborosa.
Se comemos fria, ela será ótima, apesar de dura, será crocante, mas se esquentarmos no microondas, hm*, ela ficará macia e mais deliciosa ainda.
Mas, é bom mesmo, comê-la sem catchup, pizza boa não precisa de catchup.
Catchup nós colocamos naquelas pizzas salgadas, ou cheias de queijo, para fazê-las descer melhor.
Se a pizza for boa, no máximo é um azeite para dar um gosto a mais.
E não é preciso muito pra sua pizza ser considerada boa, não por mim que sou apaixonada por pizza pelo menos.
Em se tratando de pizza, pra mim, mesmo com uma massa dura e crocante, uma pizza é sempre uma pizza.
E isso me lembra, a pizza que vendia na minha escola, a alguns anos atrás!

A história é a seguinte...
"Quando eu me mudei para essa escola, onde hoje estudo, eu tinha treze anos, quase quatorze. Já conhecia algumas pessoas da escola nova, e era tudo bem legal, fora que eu achava os alunos dali um bando de malucos no hospício. Mas enfim, a pizza! Quando entrei nessa escola, logo no meu primeiro dia de aula, tive a oportunidade de comer esse projeto de maravilha. Maravilha porque eu realmente gostava muito daquela pizza, e projeto porque ela ainda precisava ser aprimorada. Essa pizza, era vendida em uma sacolinha de plástico, não muito higiênico, né? Mas ainda assim, o que era aquela pizza, mussarela, calabresa, orégano, e mais algumas coisinhas. Já estava me esquecendo de citar o principal, a gordura... As más línguas diziam, que a propaganda da pizza devia ser: "Compre uma pizza, e ganhe 1 litro de óleo". Porque realmente era mais ou menos isso o que acontecia. A pizza vinha dentro de esse pacote de plástico transparente, e quando você tirava o plástico dela, o plástico estava totalmente encharcado de gordura. Sério, quando você terminava de comer, e olhava o plástico, ele estava grudento, e molhado de uma gordura amarela, tipo gordura de pastelaria do centro, sabe? E mesmo vendo isso, e mesmo todos os dias vendo aquele monte de gorduras, nós comíamos a bendita pizza, e ela era tão boa. Em alguns dias dava vontade até de comer duas, e olhe que elas não eram pequenas."

E isso já faz mais de quatro anos, acho, mas é tão bom se lembrar de coisas passadas, não é mesmo? Eu adoro!
Mas, já deve ter dado pra perceber isso, né?
Comam as suas pizzas de ontem, faz muito bem. :) Beijones.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top 10 da Semana.

  • 1º Músicas - Marcelo D2, Los Hermanos, Chico Buarque
  • 2º Livros - Leite Derramado
  • 3º Pessoas - Eduardo, Pedro, Jessyca, Leka
  • 4º Filmes - Sociedade dos Poetas Mortos
  • 5º Séries - Star Trek, One Tree Hill
  • 6º Comidas - Pizza
  • 7º Poema - Poema de Sete Faces
  • 8º Bebidas - Fanta Uva
  • 9º Lugar - Casa do Eduardo, Pizzaria
  • 10º Pensamento - "Iaiá, se eu peco é na vontade de ter um amor de verdade, pois é."
Ocorreu um erro neste gadget

Leitores *