' Camila, por Camila.

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Citando Clarice já de início, diria que 'minha alma tem o peso da palavra nunca dita.' Com um pouco de ousadia diria ainda que 'a palavra é meu domínio sobre o mundo!' Mais! Diria que sou compulsiva com coisas que gosto, como livros, filmes, séries, fotos, entre tantas outras. Gosto de muito mais coisas do que não gosto. Sou facilmente conquistada, e não sou tão fácil de desconquistar. Para escrever, me considero muito mais subjetiva, na vida muito mais objetiva. Posso dizer que amo, amo os amigos, os que me amam, e mesmo os que não amam. Mas, me assusto com o amor, acho o amor forte demais, grande. E não sei lidar muito bem com ele. Tenho medo de amar e magoar, de ser amada e magoada. Tenho medo de tanta coisa... Sou aquela que quer decidir o que fazer da vida e quer fazer isso direito. Aquela aspirante a Historiadora e que gosta muito, mas sempre tem um pouco de dúvida. Mas, falar de si mesmo é parcial demais, deixo para os que me conhecem e ainda assim me compram! Por Camila.

domingo, 6 de novembro de 2011

Eu queria mesmo saber o que está acontecendo comigo. A cada dia que passa conheço mais pessoas, pessoas muito divertidas e eu devia me sentir completa, não? Eu não devia ter esse vazio dentro de mim todos os dias ao acordar. Eu deveria ter algum motivo pra me levantar da cama, além do motivo que tem aterrorizado o meu ano: Estudar! Provavelmente eu tinha que me sentir bem, por pessoas gostarem de mim e se importarem comigo. Mas, eu acho que não me importo. Talvez o que eu me importasse esteja perdendo todo o sentido pra mim, e eu não sei como achá-lo. Não queria me perder, não queria deixar de acreditar em tudo que um dia quis, principalmente me tornar essa pessoa cética e racional que cada vez mais tenho sido. No entanto, talvez seja isso o que aconteça, talvez eu deva deixar rolar e ver onde tudo isso vai dar.
Eu não tenho medo desse vazio, as vezes esse vazio me traz muito conforto, pra ser sincera. Sentir demais cansa, machuca, destrói, o vazio revitaliza, não gasta energias, o vazio é vazio. Mas, será mesmo bom? O fato de não querer sentir deveria ser algo preocupante? Porque nos últimos dias está sendo extremamente complicado me preocupar com coisas minhas. Está sendo complicado viver esses últimos dias. E por um lado, isso parece bom, tenho estudado bastante, dormido (apesar de ter sonhos agitados durante toda a noite), tenho me alimentado, vejo alguns seriados e quando muito até saio com os amigos.
Amigos esses que muitas vezes se perdem, outros se acham, alguns reconheço, outros me pergunto se um dia conheci. Acho que as decepções que tenho tido, são responsáveis por grande parte da minha descrença em tudo. Decepções comigo, com grandes amigos, com pessoas importantes demais pra mim, e eu não sei como lidar com isso. Não sei como aconteceu, mas hoje não consigo olhar na cara de quem antes foi a minha mais importante amiga, e o pior disso, é que eu nem sei se me importo. Só quero o meu quarto, a minha solidão pra poder respirar. E tenho respirado bem, apesar de tudo. No dia seguinte eu ainda sinto que posso viver, que posso continuar vivendo, e estudando, e correndo atrás do que esperam de mim, do que querem que eu faça, que eu consiga. Porque eu nem sei se estou lutando pelo que eu quero. E muitas vezes eu tenho quase certeza de que não. Tenho quase certeza de que estou fazendo o que querem que eu faça. Mas, quem é que se importa mesmo? Foi o que eu pensei...

3 comentários:

  1. Sei o que é..sentimento confuso mesmo sendo vazio, mas as vezes é apenas uma fase, parar e descansar de tanto sentimento, tudo ira melhorar...
    http://saiadeflorbm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. 'Acho que as decepções que tenho tido, são responsáveis por grande parte da minha descrença em tudo.'
    Eu sei bem como essas coisas são. Me sinto assim na maioria dos meus dias. Adoorei muito seus textos, tenha certeza que vou aparecer mais vezes ;)

    Paassa lá floor?

    http://www.lustthe-thislife.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Top 10 da Semana.

  • 1º Músicas - Marcelo D2, Los Hermanos, Chico Buarque
  • 2º Livros - Leite Derramado
  • 3º Pessoas - Eduardo, Pedro, Jessyca, Leka
  • 4º Filmes - Sociedade dos Poetas Mortos
  • 5º Séries - Star Trek, One Tree Hill
  • 6º Comidas - Pizza
  • 7º Poema - Poema de Sete Faces
  • 8º Bebidas - Fanta Uva
  • 9º Lugar - Casa do Eduardo, Pizzaria
  • 10º Pensamento - "Iaiá, se eu peco é na vontade de ter um amor de verdade, pois é."
Ocorreu um erro neste gadget

Leitores *