' Camila, por Camila.

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Citando Clarice já de início, diria que 'minha alma tem o peso da palavra nunca dita.' Com um pouco de ousadia diria ainda que 'a palavra é meu domínio sobre o mundo!' Mais! Diria que sou compulsiva com coisas que gosto, como livros, filmes, séries, fotos, entre tantas outras. Gosto de muito mais coisas do que não gosto. Sou facilmente conquistada, e não sou tão fácil de desconquistar. Para escrever, me considero muito mais subjetiva, na vida muito mais objetiva. Posso dizer que amo, amo os amigos, os que me amam, e mesmo os que não amam. Mas, me assusto com o amor, acho o amor forte demais, grande. E não sei lidar muito bem com ele. Tenho medo de amar e magoar, de ser amada e magoada. Tenho medo de tanta coisa... Sou aquela que quer decidir o que fazer da vida e quer fazer isso direito. Aquela aspirante a Historiadora e que gosta muito, mas sempre tem um pouco de dúvida. Mas, falar de si mesmo é parcial demais, deixo para os que me conhecem e ainda assim me compram! Por Camila.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

' Faz sentido. '

Uma confusão bem grande é a minha mente...
Parece idiota, mas faz sentido!
Imagine, poder sair sem rumo e sem hora pra voltar.
Imagine, poder falar tudo o que der na telha e nem se importar com que os outros vão pensar... nem se importar com sentimentos e vontades alheias?
O fato de se importar mais com os outros do que consigo mesmo muitas vezes aumenta essa confusão. Não dá pra ficar tudo bem, quando não está tudo bem consigo mesmo. Mas, quem é que se importa, não é mesmo? O mundo é dominado pelo egoísmo e individualismo, todos vivem competindo pra ver quem é o melhor... pra tentar ser o melhor. E a culpa disso tudo pode não ser completamente, mas, em parte é de pessoas que se importam consigo mesmas. AH! Mas, quem é que se importa? Desde que esteja tudo bem consigo, que dane-se o resto. Muitas vezes os que se calam e se escondem por trás de uma máscara, são os que mais são magoados e sofrem em silêncio, para que não tenha de fazer o outro sofrer ao dizer que não está tudo bem coisa nenhuma.
"Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam..."
O que acontece é isso. Algumas pessoas não se importam, e elas não vão se importar por mais que você queira. Até que um dia ela será afetada com isso, aí então as coisas se ajustam. Não que eu queira que todos se prejudiquem, mas talvez se tudo fosse uma grande putaria, algumas pessoas criassem juízo. Parece inumano, mas faz sentido...
O que mais me preocupa é o não saber de onde vem o medo que cerca as pessoas que pensam de maneira politicamente correta. E a angústia que alimentamos dentro da gente parece que nunca vai ter fim.
E muitas vezes parece que tudo está muito mal, só que está muito mal apenas, pra mim, e quem se importa? Viva o indivídualismo. Quando as coisas e pessoas começam a conspirar para que tudo dentro de você fique mal, mesmo quando tudo 'fora' de você vai bem, aí é que a situação se torna preocupante... Parece dramático não é? Mas quem se importa?

Camila N. Figueiredo. :)

Um comentário:

Top 10 da Semana.

  • 1º Músicas - Marcelo D2, Los Hermanos, Chico Buarque
  • 2º Livros - Leite Derramado
  • 3º Pessoas - Eduardo, Pedro, Jessyca, Leka
  • 4º Filmes - Sociedade dos Poetas Mortos
  • 5º Séries - Star Trek, One Tree Hill
  • 6º Comidas - Pizza
  • 7º Poema - Poema de Sete Faces
  • 8º Bebidas - Fanta Uva
  • 9º Lugar - Casa do Eduardo, Pizzaria
  • 10º Pensamento - "Iaiá, se eu peco é na vontade de ter um amor de verdade, pois é."
Ocorreu um erro neste gadget

Leitores *